Radio Pax 101.4

  • Radios Online| en vivo

Radio Pax 101.4 Radio

Radio Pax, Radio Radio Pax ouvir rádios online grátis Portugal


Adicione ao seu site.

Não há roteiro. Nem uma cena, nem uma linha. Nada. Então? Você está feliz? É péssimo. É magnífico. Sério? Você gostou? Sim. Estou impressionado. Me faz um cheque? Quando ele for concluído. Léo? Léo? Vamos, acorde. Léo? O que foi? O que houve? Levante, podemos ir agora. Consegui colocá-lo para dormir. Aonde você quer ir? Prefere ficar aqui escrevendo um roteiro que não gosta, ou quer algo maior? A posteridade. Não sei. Isso não é verdade. Tenho um bebê para alimentar. Você me desaponta. Eu estou cansado. Estou cansado de correr em círculos. Estou velho demais para isso. Vá em frente. Não tive tempo para ligar, mas Radios Bem, você poderia aumentar o meu cheque especial? Você havia mencionado a abertura de uma linha de crédito. Cerca de . euros Radios Certo. Mas deve haver outra solução. Olá. Eu sou do sul e meu cartão foi roubado, e preciso de gasolina para chegar em casa. Olá. Eu sou do sul e meu cartão foi Radios Eu não tenho como conseguir dinheiro. Preciso de gasolina. Não insista. Olá. Eu sou do sul e meu cartão foi roubado, e preciso de gasolina para chegar em casa. Pode me ajudar? Eu não sei. Qualquer centavo serve. Tem algum trocado? Para comida? Não, desculpe. Um euro? centavos? Não, eu não tenho nada. Nada mesmo. Nenhum trocado? Você deve ter alguma coisa. O que estão fazendo? O que tem na sua bolsa? Não, eu não tenho nada! Não tenho nada. Eu não tenho dinheiro! Cuidado com o bebê! Cuidado! Ei! Não. Pare. Eu não tenho nada! Ei! Já disse que não tenho nada. Cuide do velho. Vou tirar Yoan desse lugar. Yoan? É você? Yoan! Yoan foi embora. Com o pastor? Sim, mas Radios Eu vou cuidar de você. O tempo todo? Hoje à noite, pelo menos. Amanhã vamos entrar em contato com sua família. Você deve ter um irmão ou uma irmã. Primos? Primos em segundo grau? Ninguém. Falarei com o serviço social. Vamos encontrar um lar de idosos para você. Eu não vou! Mas você não pode ficar aqui. Eu não vou! Tudo bem, tudo bem Radios Vamos encontrar uma solução. Eu sei qual é a solução. Boa noite! Boa noite. Apenas checando se está tudo bem. O Sr. Marcel não está? Ele acabou de morrer. Está lá em cima. Você é da família? Como ele morreu? Ele tomou algo, não sei o que era. Uma bebida. Eu estava aqui. Posso garantir que não sentiu nada. Foi como um suicídio assistido. Aonde estão levando ele? É o serviço social. Eles o estão levando à mãe dele. Estou com ele desde que nasceu. Ele vai estranhar. Não pode ficar com ele. Você não tem onde morar, dinheiro, nada. Ela não vai querer ele, eu a conheço. Acalme-se! Oi. Oi. Posso entrar? Estou ocupada. Meu namorado está aqui. Você está namorando? Legal. As crianças estão em casa? Sim, preciso fazer elas comerem. Arrumei um emprego. Legal. De quê? No Intermarché, começo às h. Certo. Eu só vim pegar o rapazinho. Ele vai ficar aqui. Como assim? Ele não vai morar com você. Que é essa? Você nunca o quis. São ordens do serviço de proteção à criança. Por agora, você tem que ir. Deixe-me vê-lo pelo menos cinco minutos. Sinto falta dele, já faz dias. Você não vai entrar, sem chance. Então traga ele aqui. É verdade o que dizem sobre o velho? O que dizem? Que você transou com ele para ajudá-lo a morrer. Isso é loucura! Claro que é mentira. E como poderiam saber disso? E você acredita neles? Marie? Marie? Eu sempre cuidei dele. Nunca faltou nada para ele. Isso é inaceitável. Não vou embora sem ele. Eu juro, você não me conhece! Eu sou capaz de Radios Não queremos mais te ver aqui. ELE SODOMIZA E DEPOIS EUTANASIA O VELHO NA FRENTE DO BEBÊ AQUI, OS LOBOS MATAM Posso ficar aqui? Posso ajudar com o rebanho e outras coisas, se você me aceitar. Olá. Olá. Vejo você à noite? Deve estar congelando no celeiro. Não quer dormir dentro de casa? Não, tem lobos à espreita. Preciso vigiar. Não seja estúpido, eles não vão para o celeiro. Isso já aconteceu antes. Não precisa ter medo de mim. Eu entendi. Cuidar das ovelhas é o meu trabalho. Então cuidarei delas. Vamos. Não podemos ficar aqui. Você vai estragar tudo. Estou tão perto. Léo? Não se preocupe. É só não demonstrarmos medo. Temos que parecer mais fortes que eles. E não podemos cair. Enquanto estivermos de pé, estamos seguros. Não podemos nem mesmo nos curvar. Temos que permanecer em pé, retos. Esposas e amigos sinalizam aos pilotos até onde foram e as posições deles. Fãs entusiasmados acompanham a corrida assim mesmo, outros veem os carros passarem, e se perguntam por que as pessoas iriam querer fazer isso. O pai de McLaren queria que Bruce seguisse os passos dele, e Bruce adorava. Desde criança, ele sempre pensou nisso. Mas ele deve ter sentido um grande desconforto, passando a maior parte do tempo preso áquela estrutura. Bruce teve uma doença de infância que o deixou com paralisia. Chamávamos de Garoto Aleijado. AUCKLAND LAR PARA CRIANÇAS DEFICIENTES Achávamos que era pólio. Todas as deficiências da Nova Zelândia afetam os pacientes do Lar Wilson para Crianças deficientes em Takapuna, Auckland. Aos nove anos e meio, contra¡ a doença de Perthes. A articulação do meu quadril estava se degradando. Para imobilizar o quadril, puseram peso nas minhas pernas. Um especialista mandou ficar deitado por meses. Ele ficou naquela estrutura por dois anos, nunca saía de lá. Foi educado nela, tomava banho comia, fazia tudo lá. Uma perna era menor do que a outra. Ele mancava muito, então não conseguia jogar rúgbi ou críquete, como os outros. Acerta alguma coisa? As vezes. Sua arma. E atire. Droga. Posso me mexer? Se mexer? Como assim se mexer? Sou melhor quando me mexo. NOVA ZELÂNDIA Durante os anos de formação, o pai de Bruce viu a fantástica habilidade inata de Bruce. Ele ensinava sobre trajetórias nas curvas, e coisas que deveríamos observar. Les sempre dizia que quando Bruce superasse seus tempos, ele se tornaria piloto. Na época, a Nova Zelândia não tinha tantos eventos esportivos, e as pessoas iam a todo lugar para vê-los correr. Fizemos várias corridas juntos pela Ilha Norte e Ilha Sul. E quando o Grande Prêmio da Nova Zelândia começou, tornou-se um evento fantástico. Tinham mil pessoas no primeiro dia. O Prêmio da Nova Zelândia foi uma oportunidade para Bruce competir com os melhores pilotos do mundo.

  • radios

Radio Online Portugal